Resenha | Fortaleza Impossível, de Jason Rekulak

quarta-feira, setembro 20, 2017



Já vou começar a resenha bem direta ao ponto: Fortaleza Impossível não correspondeu às minhas expectativas. Não vou dizer que o livro é ruim mas, infelizmente tem lá seus problemas. 


A premissa da história é bem legal: Anos 80 e três amigos de catorze anos que estão fissurados para ver a Playboy de Vanna White, uma apresentadora de TV. Porém, como são menores de idade, comprar a revista legalmente está fora de cogitação. Então eles articulam um plano maluco que envolve Mary Zelinsky, a filha do dono da banca de revistas. Paralelamente a isso, Billy - o garoto que narra a história - está focado em criar o Fortaleza Impossível, um puta jogo de vídeo game para um concurso com a ajuda de Mary Zelinsky - que assim como ele é uma nerd apaixonada por games e a melhor personagem desse livro.
" -Você é a primeira pessoa que conheço que tem um 64. E é uma garota.
- Acha estranho?
-Achei que garotas não gostassem de programar."

Premissa bacana, né? Eu disse! Agora vamos aos pontos que merecem destaque:


- O livro é rápido de ler, bem visual, leve, dinâmico e nostálgico. Para quem gosta da temática anos 80, Fortaleza Impossível é um mergulho na década, principalmente, através das músicas que vão desde Queen até Phil Collins e Whitney Houston.
- Entretanto, encontrei problemas nos personagens, como gordofobia e machismo. "Ah, Jess! Estamos falando dos anos 80!". Sim, claro! Mas estamos falando de um young adult sobre os anos 80. Ou seja, é um livro para o público jovem de hoje e na minha humilde opinião de leitora, é preciso ter cuidado e atenção com o conteúdo voltado para os jovens.



Frases como "ela é tão gorda que as roupas dela têm estrias" dita por um dos protagonistas em relação a uma personagem gorda e a necessidade frenética desse mesmo protagonista em ver a Playboy de FOTOS VAZADAS da apresentadora de TV "gostosa", me causaram incômodo. Posso estar problematizando demais? Até posso. Mas o X da questão é que achei tudo isso desnecessário. A premissa da história é boa e se sustentaria sem tudo isso. É claro que há uma evolução/mudança nesses personagens. É claro que vai rolar um romance no meio do caminho, mas ao meu ver, foi simplesmente OK. Eu esperei mais. Ou - melhor dizendo - eu esperei outra coisa.
"Eu não sei onde ela arranjava aquela segurança. Era como dizer: a gente não precisa aprender todo o mandarim chinês; só precisa aprender o suficiente para traduzir o Discurso de Gettysburg. Mary tendia a acreditar que tudo era possível desde que a gente de dispusesse a tentar."

NOTA: 3/5 | SKOOB | COMPARE E COMPRE

Sinopse: Um trio de garotos esquisitos e uma nerd brilhante que esconde um grande segredo. Um inesperado romance que nasce em meio a computadores e disquetes. Um ousado e perigoso assalto para roubar a edição de maio de 1987 da revista Playboy, com imagens escandalosas de uma famosa apresentadora de TV. Todos esses elementos se unem para compor Fortaleza Impossível, um romance que fará você rir, se emocionar e recordar a maravilhosa sensação de se apaixonar por algo – ou alguém – pela primeira vez. Até maio de 1987, Billy Marvin – um garoto de 14 anos que mora numa pequena cidade em Nova Jersey – é definitivamente um nerd feliz. Ele e seus amigos inseparáveis, Alf e Clark, passam as noites se empanturrando de biscoitos e milk-shakes diante da TV, assistindo a filmes e conversando sobre música, cinema e seriados. Com a mãe trabalhando no horário noturno e a casa toda para si, Billy vara a madrugada fazendo aquilo que mais ama: programando videogames em seu  omputador. Mas então a Playboy publica as fotos escandalosas de Vanna White, a famosa apresentadora de TV por quem os três são fascinados. Como ainda não são maiores de idade para comprar a revista, eles planejam um ousado assalto para roubá-la. É quando Billy conhece a brilhante, enigmática e também nerd Mary Zelinsky, e tudo começa a mudar...
Livro recebido em parceria com a Editora Arqueiro <3

Você pode gostar também

0 comentários

Sua opinião é muito importante para mim. <3
Volte sempre!