Conta Comigo - Uma das maiores referências para Strangers Things

quarta-feira, setembro 07, 2016


Já faz um tempo que despertou em mim a paixão por filmes antigos, e assim que a Netflix lançou Strangers Things, a série que faz homenagem aos clássicos dos anos 80, não resisti e devorei em poucos dias. Quem já viu a série (e até quem não viu) sabe que ela é cheia de referências à livros, à filmes e à músicas da década de 80, e uma delas - talvez a maior - é ao filme Conta Comigo (Stand by me).

Baseado no conto O Corpo (The Body) de Stephen King, Conta Comigo é um filme de 1986 dirigido por Rob Reiner. A história se desensolve a partir das recordações de Gordie Lachance (Richard Dreyfuss), quando era apenas um garotinho de doze anos em Castle Rock, no Oregon, uma cidadezinha de pouquíssimos habitantes em 1959. Gordie, juntamente com seus três melhores amigos Chris Chambers, Teddy Duchamp e Vern Tessio, partem numa jornada à procura do cadáver de um garoto desaparecido, mas o que eles não imaginavam era que iriam encontrar muito mais do que um corpo. Eles iriam encontrar a si mesmos.

A trama é uma explosão de sentimentos da forma mais delicada possível, devido ao fato de que um quarteto de crianças são os protagonistas da história. Cada um enfrenta um problema, um dilema... Cada um deles carrega uma carência, um medo, um desejo... E é no companheirismo que eles encontrarão refúgio. Gordie tem problemas com o pai desde que o irmão (favorito) mais velho morreu. Chris é conhecido como ladrão e delinquente por ser o mais pobre da turma. Teddy não sabe lidar com o distúrbio mental do pai e insiste em idealizá-lo como um heroi. Vern é o garoto medroso com um irmão pé no saco que vive a atormentá-lo.

Assistir Conta Comigo foi - sem sombra de dúvidas - uma das melhores experiências com filme que eu já tive. A obra é tocante, sensível, sincera, crua e real. Extremamente real. Você já ouviu dizer que o que importa de verdade não é chegar ao topo da montanha, e sim o que se aprende durante a escalada? Essa é a lição do filme. Chegar ao destino é o de menos. A graça da coisa está na jornada.

Para mim, Conta Comigo é um filme 5 estrelas. Está na minha lista de favoritos e vou guardá-lo para sempre em meu coração.

Agora, para você que assistiu Strangers Things, vou destacar algumas referências ao filme:

Tanto o filme quanto a série mostra um quarteto de crianças numa jornada em busca de alguém desaparecido. É notável também os perfis semelhantes. Chris (CC) e Mike (ST) são os líderes, Vern (CC) e Dustin (ST) são os "gordinhos" engraçados, e Terry (CC) e Lucas (ST) são os que estão sempre fazendo confusão. Um fato curioso é que os atores mirins de Strangers Things leram cenas do filme para fazerem os testes.


Outra referência, a minha favorita, é a cena de Gordie com o irmão num momento de descontração que lembra muitíssimo a cena de Jonathan e Will no quarto ouvindo "should I stay or should I go..."



E por último, reparem se esses caras não se parecem com o Steve e seus amigos "descolados"?



Além das menções acima, assim como Strangers Things, Conta Comigo tem uma trilha sonora pra ninguém botar defeito! Você pode conferir o trailer clicando aqui.

O conto O Corpo está disponível no livro As Quatro Estações, composto por quatro contos do Stephen King. O livro foi publicado aqui no Brasil pela editora Suma de Letras.

Espero que tenham gostado. Bjs e até a próxima! <3



Você pode gostar também

2 comentários

  1. Olá, tudo bem?

    Gostei de Strange Things justamente por conta dessas referências, por ser capaz de me remeter a uma época tão bacana da minha vida, e deixar no ar aquele clima saudosista... Não conhecia O Conto, vou buscar saber mais. Agora, Conte comigo... Clássico imperdível, adorava quando passava na sessão da tarde. Há anos não vejo!

    Beijos


    www.leitorasinquietas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Krisna! Obrigada pela visita. Strangers Things é incrível, né? O conto The Body eu ainda não li, mas lerei em breve. E Conte Comigo só assisti esse ano, acredita? rsrs Mas nunca é tarde, não é mesmo?

      Bjos!

      Excluir

Sua opinião é muito importante para mim. <3
Volte sempre!