Resenha + Sorteio | A Guerra que Salvou a Minha Vida, de Kimberly Bradley

terça-feira, maio 23, 2017


Antes de qualquer coisa, preciso dizer que esse livro me tocou de uma forma especial. Ele me fez abrir os olhos para enxergar além daquilo que se vê, me levou ao ápice da empatia e me fez querer mudar a vida de alguém. Esse livro me fez querer mudar a vida da Ada. Eu nunca quis tanto que uma personagem tivesse a chance de ser feliz.
"Gente burra não tem a metade da sua coragem. Nem metade da sua força."
Faz alguns dias que concluí a leitura, mas a história não saiu de mim. Assim que virei a última página, abracei o livro e foi como se eu sentisse a Ada ali pertinho. Meu coração, que antes estava apertado, ficou quentinho. As lágrimas, no entanto, voltaram a escorrer. Mas eu estava feliz. A Ada estava feliz.


Ambientado em 1939, na época da Segunda Guerra Mundial quando Hitler bombardeava Londres, algumas crianças precisaram deixar suas famílias e ir para um lar provisório até o fim da guerra. Ada e seu irmãozinho, Jamie, tiveram o mesmo destino, mas ninguém sabia que Ada enfrentava uma guerra muito maior dentro de casa.
-“Você não passa de uma desgraça!” Ela gritava. “Um monstro, com esse pé horrível!” Acha que eu quero que o mundo todo vendo a minha vergonha?”
Humilhada, trancafiada, desprezada e com o pezinho torto, a menina de supostamente 10 anos (ela não sabia quantos anos tinha) era maltratada pela mãe e nunca havia recebido nenhum tipo de carinho. Ada não sabia o que era grama, nem descarga, nem o significado da palavra "capaz". Mas ela era tão capaz... Capaz de tudo que ela quisesse.
"Se eu conseguisse andar, talvez a Mãe não sentisse tanta vergonha de mim. Talvez pudéssemos disfarçar o meu pé aleijado. Talvez eu pudesse sair de casa e ficar com meu irmão, ou pelo menos ir onde ele estivesse, caso precisasse de mim."

As duas crianças foram parar na casa da Susan, uma moça triste que - a princípio - não os queria pois se julgava incapaz de cuidar dos pequenos, mas com o tempo, Susan foi irradiada pela luz de dois corações puros. Ada e Jamie, finalmente, passaram a ter um lar, refeições, roupas limpas e banhos todos os dias. Mas nem tudo foi fácil. Ada evitava os abraços, se recusava a ser ajudada, se castigava, se maltratava... Ada ainda vivia com medo. As bombas do Hitler eram tão ruins quanto as surras que recebiam da mãe. Ainda criança e longe de armas e explosivos, Ada já trazia no corpo e no coração as marcas da guerra que vivia em casa.
“Minha casa era uma prisão, eu mal suportava o calor, o silêncio e o vazio.”
 "Fui caindo no sono, antes que a mãe retornasse. Enquanto adormecia, uma palavra me veio a mente. GUERRA. Enfim compreendi qual era a minha luta e por que eu guerreava . A mãe não fazia ideia da forte combatente que eu havia me tornado."
A Guerra que Salvou a Minha Vida é tão sensível que confesso estar escrevendo esta resenha com os olhos marejados. Se tem algo que pode transformar vidas e até mudar o mundo, é amor. Era de amor que Ada e Jamie precisavam. Amor e liberdade. E quando tiveram, puderam finalmente viver em paz.
"Eu tinha perguntado. Persistência era não desistir de tentar.”
Kimberly Bradley escreveu um dos livros mais lindos e importantes que eu já li. Eu indico a leitura para todos, sem exceção. Não importa o gênero que você mais goste, não importa se você nem gosta de ler... A Guerra que Salvou a Minha Vida vai tocar o seu coração de uma forma ou de outra. <3



PARTICIPE DO SORTEIO PREENCHENDO O FORMULÁRIO ABAIXO:
(ou clique aqui para acessar o formulário caso esteja pelo celular)


RESULTADO: KEILA LAÍS
 
- Resultado dia 02/06/2017.
- A pessoa que ganhar terá até 24h para responder o e-mail com o endereço.
- O livro será enviado pela DarkSide Books.
- Sorteio válido somente em território brasileiro.
- Não nos responsabilizamos por extravio dos Correios.

Boa sorte! <3

Você pode gostar também

10 comentários

  1. Parabéns pela resenha, está maravilhosa! Vi o livro na livraria alguns dias atrás e parece encantador!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Jess! Adorei a resenha. E amo suas fotos no Instagram. Você faz um trabalho maravilhoso, parabéns! Participando do sorteio <3

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei apaixonada por essa capa e como amo livros sobre a guerra vou ficar louca se não ler essa história linda sobre Ada e seu irmão, parece pela sua resenha ser uma história que toca no funda da alma e de lá não sai mais. Suas fotos ficou bem bonitas, e os trechos que fizeram ficar curiosa, doida para ler logo.

    ResponderExcluir
  4. Sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler esse livro. Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Ja sou apaixonada por essa história mesmo sem nem ter lido o livro kkkkk todas as resenhas que li sao positivas,fora a edição que esta maravilhosa!!! Se tornou um dos meus desejados desse ano <3

    ResponderExcluir
  7. Participando...amo as resenhas que você faz assim decido quais livros irei ler sz

    ResponderExcluir
  8. Participando!!
    Tô doida com esse livro!
    maiiira04@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito muito ler esse livro, porque todas as resenhas que eu li falou que é tão tocante e tem uma história linda.

    coisasdemineira.com

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim. <3
Volte sempre!