[Resenha] O Que Há de Estranho em Mim

sexta-feira, fevereiro 26, 2016



Título: O Que Há de Estranho em Mim
Autora: Gayle Forman
Editora: Arqueiro
Páginas: 224

Sinopse: Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.

Opinião: Que adolescente nunca teve seus momentos de rebeldia? Ainda mais quando passava por problemas pessoais e familiares? Esse é o caso de Brit, uma garota de muita personalidade que não ia com a cara da nova madrasta, esta que seu pai insiste em dizer que era sua nova mãe
Assustado com problemas de passado, o pai de Brit a interna num reformatório para garotas que promete curar a rebeldia da filha. Estaria ele tomando a decisão correta? Eu acho que não. Nesse novo lugar, Brit encontra amizades verdadeiras que a fazem ir de contra ao sistema absurdo do internato, lá elas têm que dedurar umas as outras, maltratar, xingar, vigiar e atormentar para poderem subirem de nível e terem privilégios. Assombroso, não é?

"Fui jogada numa saleta abafada e a porta foi trancada. Soluçando, esperei que papai caísse na real, visse a grande besteira que estava fazendo e viesse me buscar. Mas não foi isso que aconteceu. Ouvi-o conversando com uma mulher e depois o barulho do nosso carro indo embora. Comecei a gritar de novo, o rosto ensopado de lágrimas, ranho e saliva. Berrei muito, mas ninguém apareceu. Então continuei chorando, até que não havia mais nada a fazer senão dormir."

Brit e suas amigas são verdadeiras guerreiras. Senti a emoção e o drama de todas elas a cada página virada. Meu coração chegou a apertar, senti desespero e ansiedade; mas também consegui sorrir de esperança. A escrita da Gayle Forman, neste livro, nos faz questionar quem realmente são os loucos; quem são as pessoas que realmente precisam de ajuda. Eu fico aqui pensando em como as pessoas julgam umas as outras unicamente por serem quem querem ser. O que há de errado em ser uma adolescente que toca numa banda de rock? Qual o problema em gostar do mesmo sexo? O que tem de mal em namorar muito? Qual é o problema em ser gorda? O reformatório do livro não é nada diferente da sociedade em que vivemos, que o tempo todo nos julga, nos humilha, e nos obriga a mudar e aceitar seus perversos padrões.

"Não existem madrastas malvadas, não existem fadas madrinhas, não existem príncipes encantados. Não existe um destino predeterminado. É você que manda no destino. É você que decide o que faz."

Nota: 4/5
- ONDE COMPRAR: Amazon / Saraiva 

Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos e até a próxima! ;)

Você pode gostar também

5 comentários

  1. Nosss! eu vi esse livro no site da arqueiro, mas não vou mentir não dava nada para esse livro, agora depois de ler sua resenha estou mega curiosa com a história. Adoro livro de drama que mexem com nosso psicológico e nos faz refletir. Entrou para a lista de desejados!

    Bjuuus!


    https://colecionandohistoria.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, que maravilha saber disso, Raquel! Ganhei o dia! Espero que goste da leitura e me conta quando ler!

      Beijos <3

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Sensacional! Adorei tua opinião sobre o livro e agora quero ler também essa história. A Gayle é muito incrível com os livros dela, ela leva a veia jornalistica que tem, para transformar em livros a realidade que vivemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal isso que a Gayle faz! Eu tb fiquei curiosa pra ler outros livros dela *-* e leia mesmo esse, vc vai gostar! ;)

      Excluir

Sua opinião é muito importante para mim. <3
Volte sempre!