[Resenha] Detalhe Final - Harlan Coben

domingo, novembro 08, 2015



Título: Detalhe Final
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 304

Sinopse: O agente esportivo – e detetive ocasional – Myron Bolitar está num verdadeiro paraíso. Divide uma praia caribenha com Terese, uma mulher deslumbrante que acabou de conhecer – uma forma perfeita de se recuperar da perda recente de uma amiga querida. Seu retiro é interrompido por Win, seu amigo e parceiro em inúmeras investigações. Ele não traz boas notícias: um dos clientes mais antigos de Myron, o problemático Clu Haid, arremessador dos Yankees, foi assassinado e a principal suspeita é Esperanza, melhor amiga e sócia de Myron. De volta a Nova York, Myron está determinado a provar a inocência de Esperanza, mas os obstáculos são maiores do que imaginava. Para desvendar o crime, Myron terá de encarar o submundo nova-iorquino e abrir feridas antigas que podem ser o seu fim. Com reviravoltas, cenas e diálogos inesquecíveis, temperados com um delicioso humor, Detalhe final tem tudo o que fez de Harlan Coben um fenômeno literário e vai surpreender o leitor até a última página.

Minhas Impressões: Detalhe Final é o sexto livro da série Myron Bolitar, e apesar de ser sempre aconselhável ler todos na ordem, não se preocupe se você começou a ler fora de ordem ou ainda vai começar a ler. Eu particularmente comecei a ler pelo último livro, hahaha! Detalhe Final começa com Myron e sua amiga Terese num paraíso tropical, lá pelo Caribe, curtindo a vida sem pressão, stress e tentando fugir dos fantasmas do passado. Nesse livro, me deparei com um Myron extremamente machucado, cheio de remorsos e bastante atormentado, algo tenebroso deve ter acontecido com ele no livro anterior, Um Passo em Falso (já quero ler). Sem dar notícias de seu paradeiro, Myron e Terese têm os dias, o tempo e a tranquilidade a seu favor, até que Win - seu melhor amigo - o pega de surpresa e o convence a voltar para NY a sua empresa MB Representações Esportivas, a fim de ajudar Esperanza, sua atual sócia, que está presa e acusada de assassinar um dos clientes de Myron.
Ahhh, águas irão rolar! Preparem-se, senhoras e senhores que esse livro quase me levou à loucura de tanta curiosidade! 

“A linha que dividia o bem e o mal não era tão diferente daquela no campo. Com frequência, mostrava-se frágil quanto a cal. Tendia a desbotar com o tempo. Precisava ser constantemente redesenhada. Se muitos jogadores a pisavam, ficava borrada, a ponto de o de dentro tornar-se fora e o fora dentro, de não ser mais possível distinguir o bem e o mal.”

Para piorar ainda mais a situação, com o sumiço de Myron a empresa está de mal a pior, quase sem clientes e com uma péssima reputação, a MB Representações está perdendo clientes para a TruPro, empresa do mafioso FJ Ache, um antigo rival de Myron; Esperanza contrata a poderosíssima advogada Hester Crimsteim (já presente em outros livros do Harlan) e a mesma pede - ou melhor, ordena a pedido de Esperanza - que Myron e Win fiquem longe do caso. Por que será?

Myron está certo de que Esperanza é inocente e vítima de uma armação, mas quem haveria de ter algo contra ela? E por que havia provas claras e circunstanciais que provavam a presença de Esperanza no local do crime? É tentando ajudar a amiga que Myron percebe que está no meio de uma teia de aranha, onde fantasmas do passado voltaram com força para assombrá-lo. No meio de tudo isso, esse livro deu um destaque maior - e merecido - para Big Cindy, a personagem mais excêntrica da história. Descobrimos a razão dela ser como é, um pouco de seu passado e como começou seu fiel legado de amizade com Esperanza.

Eu levava o livro para todos os lugares, na bolsa; na mão; na rua; na casa dos parentes; ao shopping... Fiquei realmente fisgada durante toda a leitura, coisa que só sinto na maioria das vezes com um bom e velho livro do Harlan. Suspeitei de todo mundo, Esperanza, Win, até de Big Cindy! Ninguém parecia ser inocente! Outra coisa que preciso ressaltar, é que Detalhe Final é um dos livros do Harlan Coben com mais pegadas de humor que já li até hoje. Piadas ácidas, humor e muito deboche me fizeram rir diversas vezes, tornando a leitura muuuuito mais gostosa. Salve Win, o rei das piadas ácidas!

“- Amigos e inimigos acham que que perco a cabeça muito fácil. Que reajo de forma exagerada, como você disse. Que sou instável, descontrolado. Estão todos errados, claro. Nunca perco o controle. Pelo contrário. Cada agressão é muito bem pensada, os prós e os contra avaliados.”

Quando eu estava chegando no final do livro, achei que estava por dentro de toda a história e pensei: "Eureka! Já sei quem é o assassino!", cheguei a comentar com algumas pessoas que pela primeira vez eu descobri quem era o assassino antes de terminar o livro, mas páginas depois o tio Harlan me trollou de jeito e o assassino era, mais uma vez, quem eu menos esperava! Harlan Coben SAMBA!
O livro em si foi muito bom, mas confesso que foi a primeira vez que não gostei de um final escrito pelo Harlan Coben. Mesmo tendo sido mais uma vez surpreendida, não senti aquele CHOQUE na última página que eu sempre senti nas outras leituras, fiquei levemente "decepcionada" por não gostar da revelação, não queria que o assassino fosse aquela pessoa, mas isso não tira o mérito do livro como um todo. Eu recomendo! Detalhe Final não é somente um livro de suspense e a descoberta do assassino não é o mistério principal. O livro fala, na sua essência, sobre os limites do ser humano, até onde somos capazes de chegar para ajudar aquele que amamos. Não é um livro sobre morte, mas sobre as escolhas que fazemos e suas consequências.

Nota: 4/5


- Leia trecho em PDF (www)

Você pode gostar também

3 comentários

  1. Oi Jéssica!

    Ainda me impressiono, como pode o Harlan fazer isso tantas vezes, né?! Ainda mais com um mesmo personagem principal! *-*
    Assim como você, eu tive um livro do Halran em que o final não me agradou tanto assim, no meu caso o livro "Quando Ela se Foi". Me tirou um pouco o "encanto", mas Harlan realmente é o Mestre das Noites em Claro! rs
    Fiquei curiosa com a história e espero poder ler um dia, assim como as 450 histórias que ele já escreveu (o cara não para de ter inspiração! rs)
    Confesso que o Myron não é dos meus personagens preferidos... e não me pergunte porque... rsrs

    Beijos,

    Marcelle
    www.bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Harlan é o cara! Acho que nem sei mais quais elogios fazer a ele rsrs! É muita inspiração e muita história boa! Eu já li Quando Ela Se Foi, e o final realmente n foi lá tão bom, mas o livro todo em si é ótimo! Ah, Myron e Win são meus xodós da literatura. Hahahaha! Beijos!

      Excluir
  2. Tiooooooooooooooo Harlan melhor pessoa <3
    Myron melhor personagem <3
    A senhorita é dextruidora mexmuuu! :)


    http://harlancobenn.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim. <3
Volte sempre!