[BATE-PAPO] Você, com essa idade, lendo livro infantil?

sexta-feira, outubro 16, 2015


MIG@S, eu vou confessar que eu -maior de idade, vacinada e cowboy fora da lei (toca Raul!) leio sim, livros infantis e gibis da turma da mônica, com muito orgulho e com muito amor. Tá achando ruim? Me processa, fofa.


Ok, agora falando sério pessoal. Se você já é adulto ou adolescente, deve ouvir piadinha de gente dizendo que você já é grandinho pra ler historias infantis. Pior ainda são aqueles que dizem que livro para colorir é coisa de criança e que é por isso que o Brasil não vai pra frente. OLHAKI KIRIDO, eu tenho vontade de chorar quando ouço isso porque meus ouvidos doem.


Eu não preciso esfregar na cara da sociedade que sou mulher adulta e leio coisas de gente grande, porque é isso que os adultos fazem. Gente, eu trabalho a semana toda com coisas sérias, e se a minha vida se resumir apenas às seriedades do mundo real sem diversão, eu vou surtar, enlouquecer e sair pela rua jogando pedra em todo mundo. É claro que eu leio livros adultos, mas SEMPRE dou uma olhadinha na sessão juvenil, e garanto que é sempre a melhor parte. Se você também passa por isso, fica tranquilo. Eu também já fui olhada de lado na livraria por estar surtando nos livros da Paula Pimenta, Sérgio Klein e Sara Shepard. Eu já fui fuzilada com o olhar e tenho certeza que a pessoa me chamou se "sem infância" mentalmente, mas eu estou nem aí. Sou dessas que grita pra o mundo que literatura juvenil é tudo de bom; que lê um livro e já quer uma animação/adaptação da Disney; que vê uma personagem bonitinha na história e diz ESSA SOU EU (inclusive sou a Anna, e a Yara do Blog Harlan Coben Brasil é a Frozen e nós cantamos juntas Let It Go). 

O público juvenil está crescendo cada vez mais, pelo menos é o que eu sempre vejo nas redes sociais, nas estatísticas de vendas das editoras e nas bienais. Só dá a galera teen e eu acho isso muito lindo! 

Vocês acreditam que já ouvi mimimi por causa do nome do meu blog? Acreditam que já deram risada por eu dizer que amo O Pequeno Príncipe? Pois é, gente. O mundo está cheio de adultos complicados, já dizia o Principezinho "Todas as pessoas grandes foram um dia crianças - mas poucas se lembram disso". Acho que se todo mundo abrisse o coração e desse uma chance aos ensinamentos do Pequeno Príncipe entenderia que ser o adulto o tempo todo é muito chato. E que ser maduro, não é algo que se precisa provar. 

"O pequeno Príncipe tinha, sobre as coisas sérias, ideias muito diferentes do que pensavam as pessoas grandes."

Esse post faz parte do projeto Mês Literário Juvenil, uma homenagem do 
blog A Rosa do Príncipe ao Dia das Crianças.

Você pode gostar também

3 comentários

  1. Arrasou Jess.
    Leio livro infantil sim, e continuarei lendo. Muito melhor do que ler estórias que não nos acrescentam em nada, que só tem pornografia, palavrões, violência, etc., etc., etc.
    Eu também sou a Ana, sai Jess. Or or <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Hey!
    Sempre arrasando com seu Bate-Papo, hein?
    Eu não preciso nem dizer que amo livros infanto-juvenis e infantis e maternais (hahahaha), não é? Sinceramente amo, e não tô nem aí por já ser adulta segundo as leis do meu país... Não me importo mesmo!
    Sobre Frozen, porque todo mundo quer ser a Ana? Cara, eu também sou! Hahahaha! Apesar de amar a Elsa, forever, a Ana me ganhou com "Você quer brincar na neve?" ...

    Beijos!

    http://tordodemorango.blogspot.com.br/

    PS: Falei sobre tua vida no meu último post, vai lá dar uma olhada e diz o que tu acha! Hahaha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Midian! Hehehe, arrasando,né? Obrigada! Que bom que vc pensa do mesmo jeito que eu. Por mais pessoas assim no mundo!!! Ahhh,eu queria ser a Elsa mas a Yara pediu ai fiquei com a Anna kkkkkk

      Eu vi teu post e A-DO-REI. <3

      Excluir

Sua opinião é muito importante para mim. <3
Volte sempre!